Sábado, 31 de Janeiro de 2009

No Verão.

Quando era mais nova, tentava desperadamente que olhasses para mim.

Trazia sempre o vestido preferido, um vestido amarelo que a minha mãe me tinha oferecido quando fiz os 16 anos, para que pudesses entender o quanto eu era bonita.

Falava contigo sempre sorrindo, sempre mostrando o quão simpática eu era. Não havia um dia em que não pensasse: " Será que ele pensa em mim da mesma maneira que eu penso nele?", sempre suspirando, sempre escrevendo no meu pequeno diário cor-de-rosa os desvaneios que me passavam pela cabeça. Um dia, acordei determinada a beijar-te quando menos esperasses. Pegaria na tua mão, levar-te-ia para um canto qualquer e traria à realidade o meu desejo mais profundo.

Lembras-te daquele Verão, quando fomos à feira?

Levei aquele vestido amarelo, pus a minha fita branca, calçei as sabrinas e no meu pensamento, não havia mais nada senão a imagem de que aquele dia seria diferente de todos os outros.

O quanto nos divertimos! Não houve diversão em que não andássemos, não houve guloseima que não provássemos! Sabia que seria aquela noite, tinha que ser.

Peguei-te pela mão, levei-te para um canto escuro da noite, tal como no meu sonho.

Dali via-se o rio ao fundo, via-se a lua cheia e ouviam-se as crianças, jovens e adultos que de longe se passeavam pela feira.

Sorri-te, encostei-me a ti, na certeza que apartir daquele dia, tu e eu seríamos um só.

Agora, 50 anos depois, essa noite parece-me distante, parece-me um excerto de um livro ou de um filme. A única coisa que me dá a certeza de que aquela noite foi real, é o  ainda estares ao meu lado, tal como naquela noite quente de Verão.

 

publicado por Ana Sofia às 18:24
link do post | comenta | favorito
13 comentários:
De Matilde :) a 31 de Janeiro de 2009 às 18:50
É um texto bonito! :)
beijinhos :)
*
De menina sonhadora a 31 de Janeiro de 2009 às 18:59
Por vezes queremos desesperadamente que olhem para nós, para aquilo que somos ´mas é nessas alturas que meonos olham...
Oh desculpa a inveja :P
beijnhos
De Babs a 31 de Janeiro de 2009 às 19:06
Esta lindo!!!
Quando comecei a ler, pensei que no final ele morresse. Ou ficasse com outra.
Mas ficaram juntos. Que bonito :)

Beijinhos
PS: adicionado aos favoritos!!!!
De Vi a 31 de Janeiro de 2009 às 20:44
omg :'| omg :') lindo lindo fantastico ! adorei ! devias escrever um livro .. tens tanto talento ! amei mesmo !
beijinho (':
De Ana Sofia a 31 de Janeiro de 2009 às 20:47
Obrigada pelo elogio, mas um livro seria um projecto difícil de manter.
Às vezes começo histórias que ficam abandonadas e sem fim.
Beijinho ^^
De Vi a 31 de Janeiro de 2009 às 21:04
só precisas de pratica, e acabas por conseguir 8) porque talento nao te falta ^^
beijo.
De Joαηα a 31 de Janeiro de 2009 às 21:01
Que texto tão bonito. *.*
Acho que já não há amores assim, começos assim...
Beijinho. *
De anna. a 31 de Janeiro de 2009 às 21:10
Gostava de conseguir dar resposta às minhas duvidas..mas não consigo....

Beijinhów
De be-happy a 31 de Janeiro de 2009 às 23:57
Fantástico !! *.*

Adorei.. !

Tens muito jeito pa isto !

:*
De Ilusão de Óptica a 1 de Fevereiro de 2009 às 13:59
Amei o texto *.*
Escreves muito bem e...quando comecei a ler não consegui imaginar qual seria o final (isso é muito bom, gosto de ficar na espectativa e de ser surpreendida)

Beijinhos*

(antigamente http://ritynhaa.blogs.sapo.pt , agora http://um-outro-olhar.blogs.sapo.pt)
De Bia :) a 1 de Fevereiro de 2009 às 20:57
Adorei a história :)


Beijinho :*
De Jeanne Marie a 1 de Fevereiro de 2009 às 23:04
gostei do texto ^^

Comenta post

*Quem sou eu

*Palavras

* Change.

* ...

* Vida(2).

* Pois.

* "Eu sei que pode"

*Caixote

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

blogs SAPO